Carta testamento da oposição  

Carta testamento da oposição   

Carta testamento da oposição  

Mais uma vez os interesses deste povo que se ascende socialmente desencadearam sobre mim. Não me caluniam, não me combatem, desvendam meus verdadeiros atos, somente o conluio da grande mídia golpista liderada pela Globo e pela Veja me protegem. Preciso sufocar a voz dessa gente que entrou na Universidade com o ProUni, esse povo que tem um lar com Minha casa Minha vida, essa casta medíocre que invadiu meus aeroportos.

Sigo o destino que eu mesmo delineei, e depois de viver em berço de ouro, entre cargos públicos e temporadas na praia do Leblon, tentei a Presidência da República. Iniciei em aglutinar as forças mais conservadoras do meu país, me curvei à especulação financeira, tentei ressuscitar FHC, habilitei o Arminio Fragra, instiguei o ódio e a divisão do país. Entretanto, as forças vivas da sociedade comprometida com avanços sociais voltaram-se contra mim, até mesmo o povo ingrato do meu Estado de Minas Gerais não me deu os votos necessários.

Não queria que esse povo continuasse se desenvolvendo. Assumiria o governo arrochando salários, diminuindo o Estado privatizando o Banco do Brasil, a Caixa Econômica Federal e, quem sabe, até mesmo essa Petrobras, herança maldita da era Vargas que tanto FHC combateu. Lutei dia a dia, mês a mês, grosseiramente primeiro com a Luciana Genro, e depois contra a Dilma Rousseff para defender a direita atrasada deste país. Demonstrei toda minha capacidade de insultar e desrespeitar essa gente que atrapalha o meu destino.

Agora escolho contestar a democracia e a Justiça Eleitoral, não me conformo e insuflo os atos contra essa gente que não votou em mim, instigo a instabilidade política, encarno a fase mais primitiva do velho Carlos Lacerda, e não aceito o dialogo pró Brasil. Meu sacrifício manterá a Globo, a Veja, os Bolsonaros da vida junto à minha cruzada conservadora farei da tribuna do Senado, minha arena de luta. Contra o dialogo responderei com insultos. Contra a democracia responderei com acusações e contestações. E aos que pensam que me derrotaram, responderei com a campanha sistemática de meus parceiros nos jornais da Globo e nas páginas da Veja e de seus satélites que me ajudaram a combater essa gente ousada que pensa que vai mudar o Brasil.

Henrique Matthiesen

 

Fechar