Atleta e Vereador do PDT de Tarumã-SP vence a Maratona da Câmara

A última eleição para vereador, em 2016, em Tarumã, cidade de 14 mil habitantes do interior de São Paulo, foi marcada pela vitória de um pedetista que sustenta na simplicidade a base da sua trajetória de vida. Nesse contexto, Danillo Correa, 27 anos, que já era reconhecido pela dedicação no treinamento de atletismo oferecido para crianças carentes, agregou mais uma prioridade na sua intensa rotina: o desenvolvimento social de toda a população local ao longo do seu primeiro mandato.

Originário de Assis (SP), que, na década de 90, deu origem à Tarumã, a partir da emancipação, o parlamentar conquistou uma cadeira na Câmara reunindo 368 votos, o que representou um feito: foi o mais votado do pleito local e o mais jovem da história do município. “A minha vitória mostra que o maior valor de uma cidade é a população”, exaltou, ao lembrar que os cidadãos sempre pediam a sua participação como um dos seus representantes no legislativo.

Humilde, Danillo faz questão de ressaltar como foi o longo caminho até chegar à vitória.

“Fiz a campanha de bicicleta. Não tinha recursos para investir. Por isso, fui batendo de porta em porta para conversar com cada eleitor e mostrar minhas propostas. Esse contato direto foi fundamental e me encorajava a seguir em frente, pois eram palavras de motivação”, explicou.

História

Apaixonado pelo atletismo, Danillo desenvolve na cidade, há mais de seis anos, um projeto social que abre as portas para a população de baixa renda. Em cada passada, ele reconhece o valor da formação. “A atividade esportiva é uma ferramenta motivadora, fortalece a saúde e ainda ajuda muitas famílias que passam por dificuldades”, pondera.

Ao contar como surgiu a ideia da ação, ele abre um sorriso no rosto. “O projeto Elite Tarumã nasceu através de uma escolha. Há sete anos, eu trabalhava em uma farmácia como entregador. No final do dia, cursava Educação Física. Durante uma passagem pela pista de atletismo, veio na minha direção um menino chamado Bruno, que, na época, tinha uns 12 anos, e pediu para lhe ensinar a prática do atletismo”, relatou.

“Confesso que fiquei arrepiado e senti que havia um grande talento a ser lapidado. No outro dia, eu pedi as contas do serviço e comecei a treiná-lo. Em sua primeira corrida, ele conquistou o primeiro lugar”, exalta, ao mostrar que fez a escolha certa.

O sucesso do jovem aprendiz despertou o interesse da população. “Com isso, surgiram muitas crianças e jovens interessados”, disse, ao explicar que conta com apoio de voluntários para manter o projeto.

Em pouco tempo, Danillo já conta, com orgulho, os resultados alcançados pela equipe composta com dezenas de alunos: cerca de 100 troféus e mais de 300 medalhas. “Hoje, o Bruno reside no Paraná e treina com os melhores atletas do mundo, os quenianos. Estou feliz, pois sei que ele representará ainda a seleção brasileira”, concluiu.

Por Bruno Ribeiro FLB/AP

Presidente Lupi visita Araçariguama para filiar Carlos Aymar

Presidente Lupi andando pelo Brasil com o objetivo de fortalecer o PDT para 2018! Em Araçariguama filiando ao PDT o ex-prefeito da cidade Carlos Aymar. Reforço importante para o partido em São Paulo. Estava presente a direção municipal do PDT, o Presidente Alexandre Barbosa de Moura e a bancada de vereadores: Baixinho, Jaime da Auto Escola e o Judivan e demais companheiros. Também prestigiaram o ato, o vereador Bahia, Presidente da Câmara Municipal e o vereador Fabio Aymar.

 

PRESIDENTE LUPI E CIRO GOMES NA FILIAÇÃO DE ANTONIO NETO

O PDT agregou importante reforço aos seus quadros, na manhã do último sábado (23), em São Paulo. Com a presença de Ciro Gomes, Carlo Lupi e Manoel Dias, o presidente da Central dos Sindicatos Brasileiros (CSB), Antonio Neto, se filiou ao partido em ato acompanhado por cerca de 500 pessoas, no auditório do Hotel Jaraguá, no centro da capital paulista.

Sindicalista, Neto chega ao partido também para agregar sua experiência ao corpo sindical do PDT. De acordo com ele, embora esteja chegando agora às fileiras da legenda, sempre admirou as conquistas do trabalhismo no Brasil.

“O PDT representa a emancipação nacional, o desenvolvimento e a busca de igualdade para o povo brasileiro”, disse Antonio Neto. Em seguida, se dirigindo ao presidente nacional do partido, completou: “Esse ato não representa uma entrada para mim. É na verdade a conclusão de um ciclo porque, na prática, eu sempre fui trabalhista”.

Lupi rememorou o período em que esteve a frente do Ministério do Trabalho para destacar a importância e a sintonia ideológica do novo membro do PDT. “Eu, quando era ministro, fui à sede do sindicato desse companheiro para inaugurar o busto de Vargas, no centro de São Paulo, onde está a elite mais antigetulista do país. Quando um homem como Neto, com uma grande bagagem de luta em defesa do trabalhador brasileiro, entra no partido é sinal de que estamos no caminho certo”.

Ciro Gomes, dito “candidato irreversível a presidência da República” por seus companheiros, também se mostrou muito satisfeito com a chegada de Antonio Neto. “Para mim é uma alegria muito grande testemunhar a filiação do Neto porque substancia, e muito, a luta partidária e ideológica do PDT”, destacou o presidenciável.

Lideranças pedetistas e sindicais participaram do ato que terminou com o público entoando o Hino da Independência, como Brizola gostava, fazendo ecoar o verso “ou deixar a pátria livre ou morrer pelo Brasil”. A canção traduz fielmente o objetivo pedetista, mas o ímpeto da juventude presente fez com que o ato acabasse mesmo aos gritos de “Fora Temer!”.

PRESIDENTE LUPI E CIRO GOMES VISITAM SOROCABA (sp)

“Ciro Gomes é a esperança do povo brasileiro”, foi com essa frase que o presidente nacional do PDT, Carlos Lupi, iniciou a reunião do Diretório Municipal do PDT de Sorocaba, na região metropolitana de São Paulo. O encontro, realizado na tarde dessa sexta-feira (22), debateu a postura do partido frente ao momento político brasileiro e às eleições de 2018. Ciro participou do inicio do encontro de onde partiu para a capital paulistana para cumprir agenda.

Antes seguir viagem, o presidenciável Ciro Gomes falou da força e da responsabilidade do partido ante a crise política.

“O que está acontecendo no Brasil é devastador. É neste ambiente que o PDT tem uma obrigação grave, única talvez, de formular uma equação que ajude o povo a entender o que está acontecendo. Não há um quadro sequer do PDT na lista de corruptos, o que não passa de nossa obrigação, mas nos credencia a propor um projeto de nação que atenda ao povo sofrido deste país”.

Lupi fez um discurso voltado à solidificação dos quadros do partido no estado para fortalecer a candidatura de Ciro em 2018.

“Sem São Paulo ninguém se elege presidente. Precisamos nos manter unidos, orgânicos. Somos o único partido no Brasil que tem história e ideologia. Lembro que no início, quando a sede eram duas salas pequenas, Brizola dizia: ‘um dia seremos tantos que não haverá sede para comportar todos nós’. Acima de tudo, precisamos fazer política para transformar o país em uma nação igualitária, justa, honrando o legado deixado por nossos líderes”.

Os pedetistas presentes estiveram atentos às orientações e responderam com aplausos. A reunião contou também com a presença de várias lideranças estaduais, entre eles o presidente do PDT de Sorocaba, Carlos Leite, o secretário-geral do PDT de São Paulo, Airton Amaral, o diretor de Memória e Cultura do PDT, André Gaetta e o tesoureiro do partido, Marcelo Panela.

Depois da reunião, o presidente Carlos Lupi deu entrevista ao jornal Cruzeiro do Sul e fez uma visita à prefeita de Sorocaba, Jaqueline Coutinho (PTB). Amanhã, Lupi e Ciro estarão em São Paulo onde participarão do encontro estadual do PDT paulista e do ato de filiação do presidente da Central dos Sindicatos Brasileiros (CSB), Antonio Neto.

Presidente Lupi faz encontro com a JS

O presidente nacional do PDT realizou encontro com a Juventude Socialista do estado de São Paulo, é a primeira reunião após o Congresso da JS, o presidente deu as boas vindas a vários companheiros que filiaram-se ao PDT, assim como se pronunciou sobre o papel a ser desempenhado pela juventude em São Paulo. O presidente da JS paulista, Ewerton Carreirinha apresentou um balanço das ações que estão em andamento em São Paulo.