PDT vai levar campanhas pelas Diretas Já para estados

Max Monjardim31/05/2017

Em reunião com a bancada do partido na Câmara, o presidente nacional do PDT, Carlos Lupi, reafirmou a decisão do partido de trabalhar – não só no parlamento – mas em todos os estados brasileiros pela aprovação da PEC das Diretas Já. O encontro foi na sede nacional do partido, em Brasília.

A defesa intransigente de eleições diretas para a Presidência da República, depois de confirmada a queda de Temer, vai ao encontro de pesquisa do Instituto Paraná, publicada no jornal “Estado de São Paulo” nesta quarta-feira, de que 90% dos entrevistados são a favor da medida. A pesquisa, publicada aqui, mostra também que Temer é rejeitado por 84% dos entrevistados.

Nesta quarta-feira também a Comissão de Constituição e Justiça do Senado aprovou por unanimidade nesta quarta-feira (31) a Proposta de Emenda à Constituição (PEC) que estabelece eleições diretas se a Presidência da República ficar vaga nos três primeiros anos do mandato. A eleição direta ocorreria caso os cargos de presidente e vice-presidente fiquem vagos. A matéria agora será submetida ao plenário do Senado. A Câmara discute proposta nesta mesma linha, mas com tramitação mais lenta.

“Nosso encontro de hoje está totalmente em consonância com as ruas. Combinamos hoje de que cada deputado irá engrossar o coro das diretas em seus estados, pressionando deste jeito o Parlamento a tomar a decisão de aprovar a PEC”, afirmou Lupi.

 

 

Lupi denuncia “acordão” por reformas que retiram direitos

Ascom PDT30/05/2017

O Presidente Nacional do PDT, Carlos Lupi, mais uma vez, denuncia a tentativa de um “acordão” para que, ao ser defenestrado da Presidência da República, Temer continue dando as cartas junto ao projeto do PSDB, PMDB e DEM – rejeitada nas urnas nas últimas quatro eleições – de retirada de direitos dos trabalhadores e aposentados.

Assista o vídeo e compartilhe em suas redes sociais.

PDT-SP promove encontro de vereadores, prefeitos e vice-prefeitos

05/05/2017

O PDT de São Paulo, junto com a Fundação Leonel Brizola-Alberto Pasqualini (FLB-AP) no estado promove, neste sábado (6) encontro de prefeitos, vice-prefeitos e vereadores do partido no Estado de São Paulo.

Na pauta do encontro – que terá as presenças de Ciro Gomes, Carlos Lupi, Gabriel Chalita e Manoel Dias – estruturação do partido para as eleições de 2018 e a conjuntura nacional.

A reunião será no Salão Franco Montoro da Assembléia Legislativa de São Paulo, e começa às 9h30.

Em Brasília, Ciro diz que seu Ministro da Fazenda será empresário da produção

16/02/2017

“Estou pronto para a tarefa do PDT em ser Presidente da República”, afirmou Ciro Gomes hoje, durante palestra no IV Seminário de Vereadores do PDT em Brasília. Ciro falou para mais de 400 vereadores de todo Brasil em evento organizado pela Fundação Leonel Brizola – Alberto Pasqualini.

Em debate, logo após sua palestra, Ciro também adiantou que seu ministro da Fazendo será “um empresário da produção”.

“Não posso nem falar mais senão dou até o nome. Mas está desenhado. E o meu presidente do Banco Central será um acadêmico. Nada de executivo de banco na economia”, garantiu.

O seminário  teve início na manhã desta quinta-feira (16) para discutir “O Trabalhismo e a nova gestão pública municipal – Desafios à construção de um mandato transparente e participativo”.

Aos gritos de “Brasil pra frente, Ciro presidente”, Ciro subiu ao palco pouco depois das 16h e, com sua franqueza peculiar, falou sobre as necessidades nacionais e os caminhos que podem resgatar o país.

Ciro atacou a política econômica nacional afirmando que a riqueza do país é escoada brutalmente para o exterior. “A gente fornece petróleo para outros países e compra combustível deles porque não temos capacidade de produzir. Ou seja, despejamos os nossos recursos por falta de qualificação”, explicou.

“Estou aqui para cumprir a missão que o partido determinar. Se for servir ao meu país na presidência da República, farei com a maturidade adquirida em minha caminhada política e com a energia que nossos jovens vereadores irradiam hoje aqui”, afirmou Ciro com a consciência de quem está preparado para liderar a recuperação do país.

Carlos Lupi, presidente nacional do PDT, abriu o encontro falando sobre a necessidade de fortalecer o partido a partir da base: os vereadores. “Esse encontro é para nos aproximarmos da base do nosso partido, o vereador. Aquele que está mais próximo da população e conhece de perto as necessidades do povo. São eles que darão sustentação à candidatura de Ciro Gomes na caminhada rumo ao cargo máximo da república”.

O líder pedetista também lembrou a trajetória do trabalhismo como referência indispensável para a atuação partidária. “Getúlio lutou pela justiça social, por um país menos desigual a partir da soberania nacional e da valorização do trabalho e do trabalhador”, lembrou. “Precisamos conhecer nosso passado para construirmos um presente justo e alinhado com a nossa ideologia”, completou.

Em seguida, com a palavra, o presidente da Câmara Municipal de Fortaleza, Salmito Filho, salientou a importância do partido no processo político brasileiro. “Temos consciência do papel do PDT nesse momento político que nos traz a oportunidade de assumir o protagonismo na política nacional. E vamos trabalhar, em nossas cidades, para construir essa realidade”, garantiu o representante dos vereadores no evento.

Manoel Dias, presidente da Fundação Leonel Brizola – Alberto Pasqualini (FLB-AP) – instituição responsável pelo evento – foi o último a falar na manhã do primeiro dia. “O Brasil está vivendo um dos seus piores momentos da história da República. Nessa hora, cabe a nós como único partido popular viável, oferecer uma alternativa ao povo brasileiro”, afirmou ao lembrar  também da próxima eleição presidencial.

O deputado federal André Figueiredo (CE) e outros parlamentares pedetistas fizeram parte da mesa de abertura que contou, ainda, com a presença de João Vicente Goulart, filho do ex-presidente Jango.

Na parte da tarde, o ex-governador e pré-candidato do PDT à presidência, Ciro Gomes, fará a palestra “O próximo passo: Um desafio chamado Brasil”.

Atividades

Ao longo dos dois dias, os presentes assistirão palestras e participarão de debates sobre gestão, comunicação, processo legislativo, dentre outros pontos fundamentais para ampliar os resultados da atuação dos parlamentares nas Câmaras Municipais.

O destaque da primeira parte será a palestra de Ciro Gomes, que abordará os próximos passos no desafio chamado Brasil. Na sexta-feira (17) será lançada a Frente Nacional de Vereadoras e Vereadores do PDT.