JUVENTUDE DO PDT REALIZA AULÃO DO ENEM

A Juventude Socialista PDT do Estado de São Paulo, presidida pelo jovem Ewerton Roberto (Carreirinha), junto com sua municipal de São Paulo presidida pelo Gabriel Cassiano, realizaram com as suas direções, um feito histórico em uma cidade que transborda desigualdade social: um aulão, totalmente gratuito, com kit de material de estudo, café da manhã e almoço para mais de 400 jovens da rede pública de ensino.

A precariedade do ensino público no Estado de São Paulo é resultado de uma gestão que já ultrapassa 20 (vinte) anos de poder pelo PSDB que hoje tem seu governo chefiado por Geraldo Alckmin. No Brasil, São Paulo é o estado mais rico do país, representando 40% do PIB Brasileiro, mas que vergonhosamente fica em 24º lugar, segundo o IDEB, no ranking da educação do ensino fundamental e médio.

A Juventude PDT no Estado tem ciência desse déficit e urge na proposta de ajudar no que for possível para que esse quadro se reverta.

Hoje o maior acesso à universidades é pela prova do Exame Nacional do Ensino Médio (ENEM) realizado pelo Ministério da Educação do Governo Federal. São mais de 90% de todos as universidades públicas do país que tem vagas pela prova ENEM e o que era para ser benefício, hoje, infelizmente tem mostrado ser exclusão. Em recente pesquisa pelo INEP, a maioria que conseguem as vagas destinadas do ENEM, vem de alunos de escolas particulares, de classe média e alta, branco, que tiveram acesso a todas as ferramentas possíveis para que seus sonhos sejam alcançados.

Os jovens pretos, da periferia, que depende do ensino público, muitas das vezes não se motivam nem de se inscreverem na prova, sabendo da falta de preparo que muitas das vezes se fazem presente.

Na intenção de tentar corrigir isso, a JS-PDT (SP) conseguiu realizar esse aulão que chegou a histórica marca em sua primeira edição de 423 jovens da rede pública de ensino. Foram 9 horas de aulas das diversas matérias que caem na prova, com Professores capacitados que vieram do ULB – Universidade Leonel Brizola, que já realizam Brasil a fora outros aulões em parceria com vários movimentos sociais. Os próprios ressaltam que esse aulão foi diferente: além de ter sido o maior já realizado com participação dos mesmos, esse momento conseguiu se pautar vertiginosamente na democratização da educação e ser totalmente gratuito. Extrapolando qualquer expectativa.

Os grandes apoiadores para que a ideia se viabilizasse, foram o Corinthians, pela pessoa de André Negão, que disponibilizou a estrutura do evento no Parque São Jorge e a CSB – Central de Sindicatos Brasileiros, pela pessoa de seu Presidente Neto, que viabilizou parte dos custos para a realização. O PDT Nacional também foi crucial para que o evento ocorresse, apoiado pelo seu Presidente Carlos Lupi, Manoel Dias e pelo diretor de Movimento de Memória, Cultura e Sociedade do PDT, André Gaetta.

Depois de realizado fica o orgulho! O orgulho e satisfação de ter sido ator fundamental para a retomado do projeto educacional de Darcy Ribeiro com o acesso educacional a todos e todas.

Em tempos de “Escola Sem Partido” e ataque a arte e cultura, a Juventude Socialista mostra que está verdadeiramente engajada em um projeto aonde qualquer jovem possa ter acesso aquilo que é por direito: a educação de qualidade.