Juventude Socialista da cidade de São Paulo realiza 1a reunião de formação política

Reunião de formação política da Juventude Socialista da cidade de São Paulo

Após fazer um balanço das eleições e receber os novos membros, a Juventude Socialista da cidade de São Paulo (JS/PDTSP) tirou a sexta-feira de feriado (02) para falar sobre como será o processo de formação militante na maior cidade do país.

Conduzida pelo secretário de formação da juventude, Gabriel Inglez (23), estudante de Ciências Sociais da PUC/SP, a reunião teve como pauta principal a avaliação das ações da juventude na capital e traçar novas estratégias de diálogo com a população, principalmente nas periferias, que deram majoritariamente o seu voto ao presidente eleito Jair Bolsonaro.

“Entender o fenômeno Bolsonaro é fundamental para que possamos ter uma ação militante mais efetiva. A esquerda perdeu a mão do diálogo com as bases, não soube se comunicar direito e, por isso, acabou prosperando uma ideologia de negação”, colocou Inglez para os presentes.

Estiveram presentes mais de 50 pessoas, que conjuntamente elaboraram uma proposta de formação ideológica que será encaminhada para o PDT da cidade. Também foi criado um grupo de estudos trabalhistas no WhatsApp, aonde serão estudados e elaborados conteúdos com a temática e notas sobre a conjuntura política.